Postagens do blog

Schoenstatt: Por uma cultura de Aliança na saúde
10 de março de 2016

80 anos de atendimento aos enfermos no Brasil.

Santa Casa-Karen Bueno – A Irmandade da Santa Casa de Londrina/PR (Iscal) celebra 80 anos neste começo de março e sua história está diretamente ligada às origens de Schoenstatt no Brasil. Esse hospital tem um toque schoenstattiano desde os primeiros atendimentos, com o empenho das Irmãs de Maria cuidando dos doentes e apoiando a gestão da entidade. O próprio Pai e Fundador, Pe. José Kentenich, visitou a Santa Casa em uma de suas viagens ao país.

As Irmãs de Maria chegaram ao Brasil em 1935 e se estabeleceram em Jacarezinho, no norte do Paraná. Nessa época a cidade de Londrina começava a se formar e se desenvolver, principalmente pelos trabalhos da Companhia de Terras do Norte do Paraná. Em 1936, as Irmãs são então convidadas a colaborar com a saúde e a educação de Londrina, duas áreas fundamentais que ainda não tinham suporte na cidade. Assim, no começo de março elas iniciam seu trabalho no ‘hospitalzinho’ de madeira, a primeira instituição de saúde do município.

“Eram oito leitos só e como havia muitos acidentes na Companhia, um Padre Palotino pediu a ajuda das Irmãs no hospital. Era tudo muito primitivo, o hospital não tinha cozinha, as Irmãs recebiam alimentação de fora para elas e para os doentes. Depois foi aumentando, até se construir um novo hospital”, conta Ir. Maria Aparecida Rossato.

É desse ‘hospitalzinho’ simples que surge a Irmandade da Santa Casa, hoje uma ampla entidade que atende inúmeros pacientes e ainda recebe o auxílio das Irmãs de Maria.

Dados

A Iscal hoje responde por 335 leitos em três hospitais – a Santa Casa, o Hospital Mater Dei e o Hospital Infantil Sagrada Família. Desde 1960 a instituição também atua na área da educação, formando profissionais técnicos em saúde pelo Centro de Educação Profissional Mater Ter Admirabilis.

A Iscal é uma entidade filantrópica, sem fins lucrativos, e destina mais de 70% dos seus atendimentos ao Sistema Único de Saúde (SUS). Em 2015 esse índice chegou a 76% dos mais de 280 mil atendimentos prestados entre os três hospitais e ambulatórios. Pouco mais de um terço desses atendimentos foi prestado em urgência e emergência – 107 mil atendimentos nos três prontos-socorros. Entre os atendimentos estão 17 mil internações e 14 mil cirurgias.

O diferencial da Santa Casa: a MTA

Santa Casa -Todo hospital tem – ou deveria ter – médicos, enfermeiros, macas, remédios e uma porção de itens que o torna um centro de cuidado com a saúde. A Santa Casa de Londrina tem tudo isso, porém o que lhe dá seu “algo a mais” é a ajuda que vem do alto, pois conta com um auxílio muito especial no atendimento aos doentes: a presença constante da Mãe e Rainha, a Mãe dos enfermos. Logo na entrada do hospital a MTA tem o seu trono de graças.

As Irmãs de Maria trabalham na administração, na educação e na enfermagem da Santa Casa, mas há também aquelas que se dedicam especialmente à Pastoral da Saúde, dando suporte espiritual aos pacientes e familiares. “Nós sempre cultivamos a parte espiritual. Há um acompanhamento ao doente, para que ele possa se restabelecer inteiramente, tanto física quanto espiritualmente”, explica Ir. Maria Aparecida. “Muitos encontram lá o próprio Deus; ao se encontrarem consigo, encontram o caminho para Deus. Assim, até hoje, nessa caminhada de acompanhamento aos doentes, nós damos muito realce nesse ponto da pastoral”.

Se por um lado a Mãe cuida e acompanha seus filhos enfermos, por outro, eles também têm muito a oferecer. A Santa Casa tem uma grande parcela de colaboração na missão de Schoenstatt para o mundo, pois ajuda a manter viva a Aliança de Amor por meio de suas contribuições: “Nós convidamos os doentes, também os funcionários, a colocarem tudo como contribuição ao Capital de Graças”, explica Ir. Maria Aparecida.

Porta Santa da Misericórdia

Neste Ano Jubilar Extraordinário a Santa Casa tem a graça de ter a porta de sua capela elevada à Porta Santa da Misericórdia. Além dela, os outros dois hospitais vinculados à instituição – Mater Dei e Hospital Infantil Sagrada Família – também abrem a Porta Santa, proclamada pelo Arcebispo de Londrina, Dom Orlando Brandes. Ali todos encontram o colo da Mãe e agora podem fazer a experiência do amor misericordioso do Pai. Todos os dias há a celebração da Missa na Santa Casa, às 6 horas.

Celebração

Nesta quinta-feira, 10 de março, a Irmandade da Santa Casa de Londrina comemora os seus 80 anos com uma Missa de ação de graças. A celebração será presidida pelo Arcebispo, Dom Orlando Brandes, às 19h30min na Catedral Metropolitana. Participe!

Para mais informações acesse iscal.com.br


A Saúde é um direito de todos, a prevenção e a informação são as melhores formas de cuidarmos de nossa saúde, tendo como resultado uma qualidade de vida superior e uma vida mais saudável.

Leia mais...


No último dia 17, o Grupo Salus – Saúde Londrina União Setorial -, em parceria com o Sebrae (Londrina/PR), realizou uma visita técnica no Hospital Ministro Costa Cavalcanti – HMCC na cidade de Foz do Iguaçu/PR.

Leia mais...


O tema Gestão da Qualidade nos remete para uma forma de gerenciamento que busca a melhoria contínua, o desempenho organizacional, a busca de práticas de gestão eficiente e eficaz para a sustentabilidade e competitividade dos negócios.

Leia mais...


Muitos estudos foram realizados sobre lean e muitas organizações utilizam sua metodologia. Mas, é difícil conceituar o pensamento lean, que é ao mesmo tempo um conjunto de ferramentas, um sistema de gestão, método para a melhoria continua, o engajamento dos colaboradores e uma abordagem que nos ajuda a resolver os problemas de real importância para todos os envolvidos no processo. Estamos passando por momentos delicados na economia nacional e global, sobretudo, na gestão do sistema de saúde. Os especialistas afirmam que esse complexo setor terá que passar por um profundo processo de reestruturação da sua forma de gestão, melhoria da eficiência, da qualidade e profissionalização da gestão de pessoas.

Leia mais...


A Hospitalar 2015 – 22ª Feira Internacional de Produtos, Equipamentos, Serviços e Tecnologia para Hospitais, Laboratórios, Farmácias, Clínicas e Consultórios aconteceu entre os dias 19 a 22 de maio, nos Pavilhões do Expo Center Norte em São Paulo. A feira apresentou os mais importantes lançamentos e as novas tecnologias aplicadas à saúde, desenvolvidas por 1.250 empresas brasileiras e de outros 33 países. Além disso, funcionou como ponto de encontro entre a indústria fornecedora, dirigentes e profissionais atuantes em hospitais, clínicas, laboratórios e demais estabelecimentos de saúde do Brasil e do exterior, atraindo mais de 90 mil visitas profissionais em seus quatro dias de realização. A empresa HN Gerenciamento de Recursos Humanos foi representada pela sua Sócia-Diretora, Administradora Hospitalar Hertha Almeida Leitão, que esteve presente em todos os dias do evento e conheceu as mais novas tecnologias do mercado na área da saúde.

Leia mais...


O Grupo Salus realizou o IV Encontro Norte Paranaense de Acreditação nos dias 06 e 07 de maio, na Associação Médica de Londrina. A abertura do evento contou com a brilhante palestra da Dra. Helideia Lima de Oliveira, que falou da Efetividade e Eficiência na Gestão Clínica. O encontro seguiu com as palestras do Dr. Gabriel Dalla Costa – na qual falou sobre Governança clínica e sustentabilidade, usando como relato o case do Hospital Moinhos de Vento, do Dr. Rodrigo Hasegawa – em que contou sobre a liderança do Hospital dos Olhos, e da Dra. Maria do Carmo Paixão Rausch – que relatou sobre Gestão de Serviços de Urgência, usando como base a situação atual dos hospitais públicos. Tais assuntos levaram uma discussão e debate para a mesa de encerramento.

Leia mais...


TEMA: GOVERNANÇA CLÍNICA: EFETIVIDADE E EFICIÊNCIA NA GESTÃO

OBJETIVO

Sensibilizar os profissionais do setor de saúde para a importância da Qualidade e Certificação na Prestação dos Serviços.

Leia mais...


O que é?

A medula óssea é composta por um tecido gelatinoso ou semilíquido que ocupa o interior dos ossos, sendo conhecido popularmente por ‘tutano”. Nele são produzidos os glóbulos brancos, glóbulos vermelhos e plaquetas. É encontrado mais abundantemente nos ossos da bacia e da tíbia.

Leia mais...


Quais as condições para que eu seja um doador de sangue?

  • Estar em boas condições de saúde;
  • Ter entre 16 e 68 anos incompletos. O doador de 16 a 18 anos incompletos deverá estar acompanhado do pai ou responsável legal que assinará o termo de consentimento da doação.
  • A primeira doação de sangue não poderá ocorrer após os 60 anos;
  • Pesar 50 Kg ou mais;
  • Apresentar documento oficial com foto;
  • Homens podem doar a cada 60 dias (máximo 4 vezes ao ano) e mulheres a cada 90 dias (máximo 3 vezes ao ano);
  • Não estar em jejum, aguardando 3 horas após almoço;
  • Não ter consumido bebidas alcoólicas nas ultimas 12 horas antes da doação.

Leia mais...


Desenvolvido por VRSys Sistemas